Chi chi chi – le le le

Eu sempre faço blogs das minhas viagens. As vezes só pra mim e as vezes pra mandar prazamiga. Dessa vez eu tava com uma gana tão grande de aproveitar os segundos dos pouquíssimos dias que passei em Santiago que é bem capaz que eu me esqueça de contar algum detalhe. Mas ó que beleza: garanto que não farei como uns blogs que vi por aí na minha pesquisa do Chile: as mocinhas contavam que tiveram piriri e avisavam onde/quando foram ao banheiro (eww).

Estou in love pelo lado de lá dos Andes. E pelos Andes. Na próxima encarnação quero ser um monstro dos Andes =P~

Ao que interessa: além de lindo, o Chile tem um povo extremamente gentil, educado, prestativo e parecem estar sempre felizes, não importa sua posição. Mas é nítido que o sistema funciona de uma forma bem mais democrática do que vemos no nosso Brasil. Exemplo prático: o motorista do ônibus, bem vestido e sorridente tem câmbio automático e o motor – nem tão barulhento quanto o nosso – fica lá atrás, longe dele. Dignidade gera bom humor, hehe

Sobre os custos de viagem, eu ouso dizer que um fim de semana no Rio de Janeiro poderia sair mais caro. O que os chilenos reclamam é que a comida é cara. Pra quem vive em Brasília eu garanto que é mais em conta que aqui. O Fridays é mais barato, McDonalds e Starbucks. Supermercado nem se fala! E sem falar que nosso vinho meia-boca de cada dia chega a custar 20% do valor do Brasil =)

Agora é aguardar nos dizerem quando será o Lolla 2014 e lá estaremos novamente. Oxalá!

20130415-112628.jpg

20130415-112653.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *