Amor que fica

A pessoa mais doce, paciente e amorosa que já conheci. A sabedoria, a resiliência, os cabelinhos finos e branquinhos… a mãe de todos os seus filhos, netos, bisnetos e tataranetos. Um exemplo de serenidade e alegria pela vida. Hoje completaria 96 anos, nos deixou há poucas horas pra levar luz pra uma dimensão que ignoramos, mas que tenho a convicção de ser da mais pura paz.
Agora é assim, ela virou saudade. E como li por aí: a saudade é o amor que fica. Ela hoje é amor dentro de cada um de nós 💜 minha bisavó, Dona Tonica.

img_20161016_100121

Deixe uma resposta