Obrigada!!!

Eu aprendi a agradecer, na raça e na insistência, quando o mais fácil e natural pra mim era reclamar. Com o tempo as coisas giraram, e o difícil agora é dar foco à parte ruim – por mais nítida que esteja.

A leveza é algo que todos deveriam viver. Quando nos vemos numa maré gostosa por dias, semanas ou meses a fio, fica chato parar pra sofrer. Dá preguiça daquele ar, do esforço louco que é preciso pra se recuperar. Mas as vezes o baque é inegável, então é preciso administrar o sentimento ruim pra que ele não se aprofunde e não se demore.

Eu acredito em treinamento, aprendizado e otimização de sentimentos. É tudo científico: acreditar, querer e se esforçar de um jeito ou de outro acaba dando resultado.

Hoje eu agradeço pelos antigos e novos amigos, pelas pessoas que escolhi estar perto e por tudo que aprendo com isso. Meu amor nasce da admiração, e a cada dia vejo qualidades mais e mais encantadoras nos amigos queridos.

E volto a agradecer pelos caminhos que escolhi terem me dado exatamente a vida que tenho, com os desafios do tamanho da minha capacidade e os benefícios que trazem equilíbrio e ânimo pra me manter nos trilhos – e feliz.

20140507-222907.jpg

Tempo tempo, mano velho

O universo andou me dando recados. De sutis cutucadas a ‘pedalas’ de se revirar, comecei a fazer a leitura. O entendimento visceral passou a dar as caras toda vez que eu dizia que não tenho tempo – me subia uma vergonha de estar falando isso, seja qual for o motivo da desculpinha esfarrapada.

Pois é, more time is not an option. Esse presente precioso que é nossa vida, por conveniência foi dividida em etapas. E cada uma delas pode ser considerada um novo presente, porque todos os dias pessoas de todas as idades, pelos mais diversos motivos deixam a existência humana. E a gente ainda tá por aqui, prontinho pra evoluir.

Daí aproveitando esse refresco que bate quando vira o mês, resolvi me policiar pra não reclamar de tempo, e usar de forma macro esse conhecimento de gerenciamento de processos que tanto me orgulho de dominar. Organizar a vida é a única forma de fazer limonadas com os limões que vão pintando pelo caminho.

E uma coisa eu não me canso de dizer: a própria intenção já faz boa parte do trabalho, pois o universo passa a conspirar pra que as coisas aconteçam, ou sua atenção passa a estar a postos para perceber as coisas com o viés necessário.

=)

Human