Gracias

A vida me é muito generosa. Sempre me percebo agradecendo aos céus pelos amigos que conquistei no meu caminho. Alguns por afinidade imediata, outros com persistência e aqueles que o acaso trouxe.

A Vejinha Brasília tá dando o que falar essa semana com uma matéria que ressalta a gelidez de Brasília. Hei de concordar que a cidade não me foi das mais receptivas quando cheguei aos 14 anos. Exatamente por isso eu resolvi sair da zona de conforto e escancarar minhas piadas, minha cara de pau e minha mania de ter opinião sobre tudo. Nem sempre os resultados são os melhores, mas ó… I’m here to prove my point. Não tenho a vida que meus pais queriam pra mim, não tenho a vida que pensei que teria, duvido muito que tenha gente querendo trocar de lugar comigo. Mas tá tudo rolando – ora brusca, ora suavemente. It feels right.

Sou da opinião que sinceridade, atitude e autenticidade é que dão o tempero na rotina. Bato de frente se precisar: se tiver certo tô dando o recado, se tiver errado basta ter humildade, assumir, voltar atrás e, com isso, crescer. Tem coisa mais linda não, gente.

Eu realmente acredito mais na versão do Quadrado. Quem faz a cidade, seja ela qual, for é você e seu olhar. Mas a Vejinha precisa de pauta, e que não se deve levar nada que venha da Veja a sério.

Continuo colecionando gente, principalmente pelo gosto por gente. E tudo nessa cidade inóspita e cruel. Brasília, sua danada.

Parque da Cidade

Kalopsia

Meus dias tem sido preenchidos por esperança, trabalho, sorrisos e ânimo. Nima oscilação de energia intensa e esgotamentos, dentro de uma rotina, com quebras agendadas com as amigas e família. Nada fácil, mas tudo bem leve.

Comecei a ter uma sensação confusa ao tentar escrever aqui. Falar coisas boas pode soar prepotente ou simplesmente inspirar pessoas. Mas nunca foquei no lado ruim. Logo, percebo que a demora em fazer o update é apenas uma forma de aproveitar mais o que a vida offline tem me trazido ❤️

Continuo com preocupações, eventuais doencinhas (a de hoje é a bursite), coisas pra aprender, desafios pra conquistar, contas pra pagar. Ainda assim meu coração está cheio de paz.

Life is good.

20131005-104412.jpg